151 anos da morte de Francisco Manoel da Silva compositor do Hino Nacional Brasileiro

Francisco Manoel da Silva foi um maestro, compositor, e professor brasileiro. Foi o autor da melodia do Hino Nacional Brasileiro. Foi um dos fundadores da Imperial Academia de Música e Ópera Nacional. Em 1833 fundou a Sociedade de Beneficência Musical, que funcionou até 1890. Fundou o Conservatório de Música, embrião do Instituto Nacional de Música, que deu origem à Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Francisco Manoel da Silva (1795-1865) nasceu no Rio de Janeiro no dia 21 de fevereiro. Começou a estudar música ainda menino, com o padre José Maurício Nunes Garcia. Com 10 anos estudou violoncelo. Foi soprano do coro da Capela Real a partir de 1809. Foi regente do Teatro Lírico Fluminense. Teve grande destaque na vida musical do Rio de Janeiro, no período compreendido entre a morte do Padre José Maurício e a ascensão de Carlos Gomes.

Foi um dos fundadores da Imperial Academia de Música e Ópera Nacional. Em 1833 fundou a Sociedade de Beneficência Musical, da qual foi eleito presidente e que funcionou até 1890. Fundou o Conservatório de Música, embrião do Instituto Nacional de Musica, que deu origem à Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Foi diretamente responsável pela restauração da Capela Imperial, à qual foi devolvido o antigo fausto. Deixou boa quantidade de obras, espalhadas em arquivos cariocas, mineiros e paulistas, abrangendo música sacra, modinhas e lundus. É o ator da melodia do Hino Nacional Brasileiro. Morreu mais de 40 anos antes da letra ser escrita por Joaquim Osório Duque Estrada. Foi nomeado Patrono da Cadeira n. 7 da Academia Brasileira de Música. Faleceu no Rio de Janeiro, no dia 18 de dezembro de 1865.


Enfoque Ribeirão
E-mail - enfoqueribeiraodigital@hotmail.com -
(16) 99232 7258 - 3235.0865