Opinião


Roberto P.O.
Criança iluminada!

Mais uma vez vemos no cenário policial políticos e servidores públicos envolvidos em corrupção. Nem ainda acabou o julgamento do “Mensalão”, escândalo “nunca antes visto em nosso país”, como o Lula adora falar, escândalo este ocorrido em seu governo, comandado pelo Ministro da Casa Civil José Dirceu que, de acordo com o Supremo Tribunal Federal, é o chefe da quadrilha que surrupiou dos cofres público milhões de reais, já se vislumbra mais um escândalo.
Desta vez envolvendo o segundo escalão do governo e que a Presidenta Dilma exonerou imediatamente todos os envolvidos, deferentemente do seu antecessor (ex-presidente Lula), que nunca soube de nada, não viu nada e que até hoje, mesmo com seus companheiros condenados, continuam sendo defendidos pelo PT e por ele próprio.
A presidente Dilma Rousseff determinou a exoneração ou afastamento de todos os servidores envolvidos na operação Porto Seguro, da Polícia Federal.
A operação, deflagrada no dia 23 de novembro, resultou no indiciamento de 18 suspeitos de participar de um esquema de fraude em pareceres técnicos de órgãos públicos com a finalidade de beneficiar empresas privadas.
A denúncia de propina de um auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) deu origem à investigação da Polícia Federal que indiciou Rosemary Nóvoa de Noronha entre outros, por tráfico de influência. Ela era chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo.
A operação Porto Seguro envolveu 180 agentes nas cidades paulistas de Cruzeiro, Dracena, Santos, São Paulo e em Brasília. Foram cumpridos 26 mandados de busca e apreensão em São Paulo e 17 na capital federal.
Parece que estes criminosos estão entranhados na máquina governamental que foi aparelhada nos oito anos do governo Lula.
O importante e realmente diferencial é a atitude republicana da Presidenta que, ao tomar conhecimento de uma denúncia, não passa a mão na cabeça de ninguém, seja quem for, e afasta imediatamente dos seus postos, com certeza contrariando muitos que sentem saudades do “não vejo e não ouso e não falo” do governo Lula.
 O Brasil com certeza está se tornando um país republicano, e este é o começo de um caminho que poderá nos levar ao progresso e à justiça social.
Esperamos que possamos deixar para as futuras gerações um país de paz, justiça e que sejam eliminados tantos corruptos “nunca antes visto na história deste país”.
Bravo,  bravíssimo, Presidenta Dilma, por não adotar a filosofia dos três macaquinhos: “não vejo, não ouso e não falo”.
Roberto P.O. Membro da orialequipe edit


Enfoque Ribeirão
E-mail - enfoqueribeião@hotmail.com -
(16) 91379777 -3235.0865