Opinião


Brasil Salomão
TROTY E O BOTAFOGO     

                  
Estamos falando de recente domingo, 26 de agosto, quando o BOTAFOGO FUTEBOL CLUBE, o “ Pantera da Mogiana “, merecidamente, conquistou o acesso à Série B, do Campeonato Brasileiro de Futebol.
Tendo brilhado nas fases iniciais, e, perdido quando foi a João Pessoa enfrentar seu “xará” local, no primeiro jogo da fase final, deixou uma amarga expectativa para seus milhares de torcedores. Assim, se o Dia D foi um marco histórico para o início da queda do nazismo e do facismo, na Europa, de outro lado o 26 de agosto foi, sem dúvida, o DIA DA VITÓRIA, sempre desejada, e, muito difícil de alcançar.
Foram, quase, 130 minutos ( mais de 2 horas) de intenso sofrimento, de angústia, e, certamente, de desespero! O empate significava o fim de uma campanha, até então, vitoriosa. E, seja pela tática de resistência do outro Botafogo ( aquele da Paraíba), seja pela notória parcialidade dos árbitros principal e auxiliares, o fato é que decorridos mais de 120 minutos, entre os 2 tempos, as prorrogações, o intervalo, as esperanças ruíram por terra!
A prorrogação do 2º tempo, muito pequena frente às posturas do goleiro e dos jogadores do time da Paraíba, era uma fotografia do insucesso do Botafogo, mas, ( felizmente sempre há um mas) o gol saiu, e, abriu a porta para a disputa por pênaltis, onde, após nova série de angústias, intenso sofrimento e desespero, a vitória veio para Ribeirão Preto!
Maravilhosa vitória! Emoção, quase choro, e, talvez, até algumas lágrimas! Foi comoção geral com 23 mil pessoas gritando, se abraçando, iluminando o Estádio Santa Cruz com a lanterna dos celulares! Um momento para história da cidade e do Clube vencedor.
O que tudo isso tem, todavia, a ver com TROTY?
É que o dramaturgo trouxe uma das frases mais importantes no direcionamento de nossas vidas, quando todas as dificuldades parecem nos levar ao desânimo, à desistência. Certamente, os leitores do nosso delicioso ENFOQUE a conhecem, mas, o TIME DO BOTAFOGO, sem dúvida, viveu essa experiência referida por TROTY e que pode ser assim traduzida:
“ NÃO DESANIMES....FREQUENTEMENTE É A ÚLTIMA CHAVE DO MOLHO QUE ABRE A FECHADURA”.
Foi assim, sem desanimar, após mais de 2 horas de jogo, 1º e 2º tempos, intervalo, prorrogações e pênaltis, o BOTAFOGO DE RIBEIRÃO PRETO, conseguiu abrir 2 fechaduras com a última chave, no ÚLTIMO MINUTO e no ÚLTIMO PENALTI!


Brasil PP Salomão - adv  <brasil@brasilsalomao.com.br


Enfoque Ribeirão
E-mail - enfoqueribeião@hotmail.com -
(16) 91379777 -3235.0865