Opinião


Brasil Salomão
Cartões e cartões

Estamos em dezembro, e não há como dissociar o dia a dia das festas natalinas e passagem de ano. Rádios, jornais, revistas, televisão, comércio sobretudo, ruas enfeitadas, a cada instante, até com precocidade grande (desde outubro, talvez) tudo faz lembrar um momento diferente de 2012. Que se repetiu, da mesma forma, no passado e irá se reproduzir no futuro.
Importante lembrar os cartões, os mais diversos, em que pessoas, instituições, empresas, quase todos os segmentos da sociedade, enviam e recebem mensagens, as mais variadas na forma, no conteúdo, e, algumas inclusive musicadas.
Há os presentes para a euforia da indústria e do comércio, que movimenta a economia sob quaisquer aspectos: PIB maior, geração de empregos temporários, arrecadação tributária, e aumento forte das operações bancárias de crédito ao consumidor. São, por isso mesmo, tempos diferentes!
Gosto de enviar cartões, manuscritos, com alguma referibilidade específica ao destinatário, dando caráter pessoal. Gosto muito, fico intensamente feliz, com os cartões que recebo. Sejam os mais destacados no tamanho e nas imagens até nas músicas gravadas, sejam os mais simples. Contendo uma mensagem, já é suficiente para me alegrar. Por ser lembrado, por merecer uma fração do tempo de quem enviou,e porque acredito na força dos votos formulados, tudo gera satisfação.
Com esta forma de pensar e sentir, destaco três maravilhosos e especiais instantes. Se repetiu, por alguns anos, a história da Família, que se hospedava nos cartões do casal Profa. Maria Helena/Prof Dutra de Oliveira. Coisa linda. Falavam dos fatos da vida da Família, no curso do ano. Viagens, bons momentos, outros não tão desejados, etc.
Ao recebê-los, me sentia como se a porta do lar/família "Dutra de Oliveira" estivesse sendo aberta ao som de "entre". Vinha, ao mesmo tempo, a impressão de que era a Família "Dutra de Oliveira" quem adentrava, em bloco, completa, nossa Casa. Cartão de festas extremamente gostoso, diferente.
Da mesma forma, a prima Leda Maria, residente no Rio de Janeiro, um pouco mais discreta. Nos seus cartões de fim de ano são hospedadas notícias variadas de filhos, genros, neta, eventos da vida profissional. Há também, uma impressão forte de presença, cá (Ribeirão Preto) ou lá (Rio de Janeiro), de nossos grupos familiares, heterogêneos, misturados em reunião única.
São duas formas muito interessantes de saudar outros. Desnudar a Família com tudo, ou quase tudo, de mais importante que aconteceu no "ano velho" sem qualquer pretensão de ser rumo ou norte para o "ano novo" já gritado e antecipado pelo comércio.
Agora, inovando e causando um delicioso impacto, recebemos, Lucya Helena e eu, do casal, líder empresarial, Vera eMaurílio Biagi Filho, um sensacional cartão albergando votos de bons ventos para 2013. Trata-se de uma foto de toda a Família, com o casal Vera/Maurílio, rodeado de filhos, genros, noras, netos e agregados.
Os nomes de cada um referidos de forma a identificar, pela geografia da foto, quem é quem, e, com discrição elegante da omissão, voluntária, dos nomes dos vovôs Vera e Maurílio, que, aqui, "denuncio" e identifico.
Pessoas assim, todas elas, sem dúvida, tornam o Natal muito melhor nos convencendo de que há irmandade em Cristo, e, fazem crer, assustadoramente, que o ano novo será melhor! MUITO OBRIGADO A TODOS!


Brasil PP Salomão - adv  <brasil@brasilsalomao.com.br


Enfoque Ribeirão
E-mail - enfoqueribeirao@hotmail.com -
(16) 91379777 -3235.0865